Pobres, pequenos e tristes

sexta-feira, março 14, 2014

Tão pobres são deputados os que votaram contra a co-adopção, como pobre é partido que ao mesmo tempo que dá liberdade de voto aos seus deputados, os adverte sobre o sentido de votação.

São pequenos, muito pequenos aqueles que afirmam algo como "mal por mal, uma criança numa instituição, ou uma criança com uma família que nunca conheceu. Eles até podem adoptar sozinhos, até podem casar entre eles. Mas não podem de maneira alguma dar o seu nome à criança. Se o outro morrer??? Paciência, ninguém fica para semente. Mas não tenho nada contra homossexuais!! Até tenho amigos gays!!". Pequenos, tão pequenos que são, e tão pobrezinhos e tristes que são....

Tão orgulhosos dos "bons costumes" que eles são....





You Might Also Like

1 comentários