Singela opinião

terça-feira, julho 29, 2014

A propósito deste "texto", ou "crónica" de um jornal local a minha singela opinião:



Nada mais nada menos do que preconceito social, e muito preconceito!!!

Deduzo uma coisa muito simples: o autor deste "texto" será muito provavelmente alguém com 10 apelidos, que trata o empregado do café, do restaurante ou do hotel como se fosse um mero serviçal às suas ordens.

Esta elite de S. Martinho do Porto, põe e dispõe do alto da sua soberba e arrogância, e muito provavelmente vedaria o acesso à Vila de S Martinho do Porto e à baía a toda a ralé e populaça que não ostentam apelidos sonantes, nomes e cognomes, que não possui brasão, que não se tratam uns aos outros por tio.

Tornariam a vila num feudo medieval, onde a populaça teria apenas a função de servir o senhor, seriamos os verdadeiros servos. Aliás, parte dessa elite trata toda a pessoa que trabalha como um reles criado. Palavras como "por favor" e "obrigado" não existem no dicionário.

Esta elite que crítica o "ruído", esquece-se contudo do "ruído" que pratica todas as noites na Rua dos Cafés, na marginal. "Ruído" esse, que ao invés de música não passa de má educação, estupidez e arrogância movidas com uma tal boçalidade que assusta quem faz parte da "populaça".

Frases como "você sabe quem eu sou", ou "você sabe quem é o meu pai", funcionam como a cobertura para os actos mesquinhos e malvados que esta elite comete, são perguntas que nas entrelinhas soam a ameaça.


Esta "elite" que nos poupe a todos nós reles servos, e populaça a tamanha mesquinhez e ignorância. Façam o favor de a manter somente entre a "elite", e não nos contaminem com tamanho preconceito, pequenez e pobreza de espírito.

You Might Also Like

1 comentários