Irra para mim

quarta-feira, junho 29, 2011

"Nunca pensei que nos deixasses pendurados.Ficámos apenas três pessoas. Nunca pensei que fosses capaz, ofereces-te para tudo."
Foi chato, eu sei que foi. Se me tira o sono, não não tira. Se faz de mim um ser maquiavélico? Não me parece.
Mas ser boazinha e estar sempre a perguntar e a oferecer ajuda e a ser boa samaritana cansa-me a "beleza", e faz-me ganhar rugas e cabelos brancos, e perco peso por tomar as dores dos outros e estar sempre sempre disponível para fazer o possível às vezes quase dentro do impossível.
Temos pena, mas não posso estar sempre a oferecer um dedo e levarem-me o braço inteiro. Às vezes acho que já estou desmembrada, que tenho próteses em vez de braços, mãos, pés e pernas.
Todos encaram como obrigatório a boa samaritana ser boazinha e estar sempre disposta a ajudar. E o facto é que estou sempre disposta a isso, mas nesse dia não calhou. Temos pena, mas às vezes a vocação angelical vai-se. E de vez em quando precisa de ir. 
A culpa é minha, habituo mal as pessoas.
Irra para mim!!!!! 

You Might Also Like

14 comentários

Popular Posts

Subscribe