terça-feira, dezembro 28, 2010

Dali

Salvador Dali - A persistência da memória
Adoro este quadro do Dali "A persistência da memória".À parte do achar um bocado esgroviado das ideias,as pinturas dele mostram algo que não consigo traduzir,fazem-me pensar,deixo-me ficar a olhar para os quadros dele e tentar pensar o que o raio do homem queria explicitar ali para além do óbvio.
Gosto deste quadro e do nome "A persistência da memória".
Quando o vejo e observo o que considero o tempo parado,entro num paradoxo porque se por um lado devemos reter as nossas memórias no tempo passado,por outro lado devemos ter noção das nossas memórias e  das nossas vivências,porque intrinsecamente estas fazem parte de nós, e não podemos de forma alguma conceber uma vida sem termos as nossas memórias para nos fazer sonhar,rir,chorar pensar.

E a vocês....o que vos diz "A persistência da memória"?



5 comentários

  1. Qualquer pintura de Dali faz-me dar volta ao cérebro...mas esta em particular, por estar relacionado com o tempo dá ainda mais.
    São simplesmente fantásticas!

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. A persistência da memória...

    Também adoro a imagem.

    A mim diz-me que apesar do tempo não parar, há memórias visuais que nunca mais nos saem da cabeça.

    Beijo enorme.

    ResponderEliminar
  3. Inês tudo em dalí me fascina, as obras, o "estilo" dele, só ainda não vi nada dele ao vivo.
    Mas no quarto tenho um puzzle de 2000 peças com a persistência da memória, é algo de surreal que me deixa sempre a pensar na "relatividade" da memória, especialmente no facto de ser "mútavel" com o tempo.
    Simplesmente ADORO!!!

    Olha e tu que foste boa aluna de história de arte, bem que podias continuar com arte pelo teu estaminé!

    ResponderEliminar
  4. Minha gente:obrigada pela partilha!!!
    Ricardo bela ideia!!!Mas já não me peças para explicar o surrealismo,cubismo e afins!!!Nem para ver um casal apaixonado onde só vejo um gajo e uma gaja a olharem um para o outro.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall