terça-feira, abril 17, 2012

Uma espécie de serviço público que vos pode ser útil

Soube ontem, que até ao fim deste mês, toda a pessoa que tenha um rendimento inferior a 630€ (penso que é esse o valor), que está isento das taxas maléficas impostas pelo governo, no que respeita ao pagamento de consultas, consultas de urgência, exames e afins. Basicamente o que antes era gratuito para muitos de nós mas que agora é pago. Logicamente que me lembro de ter ouvido falar sobre esta isenção há algum tempo atrás. Mas também é lógico que não foi explicado como podemos pedir essa isenção. Dizem que temos, mas não explicam como podemos dela beneficiar.
E verdade seja dita, no meio de tanto corte é difícil discernir aquilo de que podemos estar isentos, ou pagar menos.
Assim sendo, façam o favor de clicar aqui, preencherem os campos e irem ao vosso centro de saúde com a respectiva impressão do requerimento, mas para que possam ficar isentos e guardarem mais uns trocos, que neste momento fazem toda a diferença.
E parafraseando a pessoa que me falou sobre esta isenção "as notícias só passam o que querem e não avisam de nada. Assim, as pessoas não sabem de nada, e não preenchem nada.
Quem ganha é o governo, que nos vai ao bolso" .
Portanto, se estão enquadrados no grupo que pode beneficiar desta isenção, preencham, se não podem passem esta informação. Tenho a certeza de que irá ser útil a muito boa gente, que não tem como pagar 5€ por uma consulta médica, 10€ por um exame, ou 25€ por uma consulta de urgência.

6 comentários

  1. Sem dúvida um serviço público Inesita! beijo e obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Já pedi... infelizmente as pessoas não conhecem esse método de poupar uns euros.

    ResponderEliminar
  3. Não é assim tão simples, há pessoas que ganham menos que isso e não têm direito, porque o rendimento anual dividido pelo número de meses dá um valor superior. Também é preciso somar o rendimento de todos os elementos familiares e depois dividir, o valor é feito por pessoa, mas a isenção é para toda a familia. A partir do momento em que pedes, ficas logo isenta, de depois não aceitarem a tua isenção e já tiveres ido a alguma consulta ou feito algum exame nesse regime vais ter que pagar depois. basicamente, é isto.

    ResponderEliminar
  4. Petra: espero que te seja útil.

    ResponderEliminar
  5. S*: nem as pessoas conhecem nem isto é falado.Se não me tivessem dito, ainda hoje estava na ignorância.

    ResponderEliminar
  6. Loirita: porra para as leis!!Acham que quem ganha mais que 628 euros, se pode dar ao luxo de pagar 20 ou 25 euros por uma consulta de urgência.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall