quarta-feira, dezembro 11, 2013

Homem do Ano

"O que torna este Papa tão importante é a rapidez com que cativou milhões que tinham desistido de ter esperança na Igreja. [...] Em escassos meses, Francisco elevou a missão de reconfortar da Igreja – a missão de servir e confortar os que mais precisam – acima da doutrina política que fora tão importante para os seus antecessores",

Abertura ao diálogo
Sensibilidade Social
Consciência política
Negação da ostentação pela e para a Igreja
Respeito pela Pessoa

Mais palavras para quê? 
Definitivamente o Homem do ano e muito provavelmente uma grande figura da segunda década do século XX.



3 comentários

  1. Não sou católica, mas como não sou cega, concordo em absoluto. Afinal, além de padre, é homem e é nessa perspectiva que estou a "avaliá-lo".

    ResponderEliminar
  2. Não sou católica, mas o Sr. Francisco cativou-me desde o primeiro dia:)
    Homens assim...são precisos!
    Que Deus o Abençõe e proteja...bem vai precisar...

    jinhoooosssss

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall