terça-feira, fevereiro 11, 2014

E hoje fiquei de coração cheio

E completamente enternecida. Hoje, na urbana sentou-se ao meu lado uma menina loirita e de olhos azuis. E sem mais nem menos a Ana (era o nome dela), entrelaçou o braço dela no meu. Sem pedir, sem perguntou, agarrou no braço, entrelaçou o dela e assim ficou durante um pedaço da viagem. 

E eu...eu fiquei de coração cheio, completamente enternecida e a pensar na honestidade e simplicidade do gesto.

Sem comentários

Enviar um comentário

© Brainstorming
Maira Gall