quarta-feira, abril 29, 2015

Por vezes a sociedade assusta-me

Por vezes a sociedade assusta-me muito, mete-me um verdadeiro medo, deixa-me horrorizada, amedrontada, aterrorizada com o que vou vendo, ouvindo e lendo por aí....


São a favor da pena de morte e da punição, mas não aceitam que uma criança de 12 anos, violada pelo padrasto, grávida de 5 meses (facto que a "mãe" afirmou desconhecer), faça um aborto?? Uma interrupção da gravidez???

Quem cometeu e foi conivente com este acto atroz tem que ser punido, e severamente punido! Mas.....mas a menina, uma criança com 12 anos tem que levar a gravidez a avante, porque não importando traumas, sequelas físicas e psicológicas que a menina venha a ter, importa acima de tudo que tenha o bebé. É um bebé, não é um feto, porque os donos da moral e dos bons costumes apregoam que é um bebé, já sente dor, exprime emoções e mais isto e mais aquilo e o outro. E em nome dessa moral de trazer por casa e que fica muito bem na igreja, estão desde logo a borrifar-se para a menina, com 12 anos violada e grávida do violador que é o padrasto.
 Porque é uma criança e não importa que a criança tenha outra criança neste mundo cão. Não importa que vá depois para adopção. Não importa que possa ver a ser criada sabemos lá nós como em que condições. E se a mãe não criar, a família não criar o filho do monstro que a violou, há sempre instituições que o façam.... E de repente esquecem-se do superior interesse da Criança, dos Direitos da Criança (tão bem que eles ficam no papel), porque agora não interessa para nada, porque a criança é o mãe....

E isto assusta-me, assusta-me tanto, tira-me a fé nas pessoas. Há para aqui uma qualquer inversão de valores que não compreendo e não consigo entender.....






2 comentários

  1. Olha Inês, já há muito que deixei de me exprimir sobre este assunto tão particular que é o ABORTO... porque sempre defendi que cada caso é um caso.

    Mas mal li o título deste teu post passou-me em flash o que senti hoje durante o horário do almoço, quando distraída passei em frente ao televisor e apercebi-me dos horror das notícias que estavam a dar. Num canal falavam de um homem (aqui no Norte) que massacrou quase uma família inteira com tiros à queima roupa... fiquei tão chocada que me apressei a mudar de canal. Só que no outro falavam deste caso da menina violada... e fiquei quase com náuseas. Para fechar com chave de ouro ainda ouvi de novo falar no caso da Maddie que continua a ser notícia pelos mais estranhos motivos mas nunca se chega ao esclarecimento da verdade.

    A sociedade assusta-me sim... mas pelo menos que tentemos nós cumprir a nossa parte para fazer dela um lugar melhor para se viver.

    Beijos em ti minha Princesinha
    (^^)

    ResponderEliminar
  2. Espero que a decisão finalo tenha sido diferente...há hora que escrevo estava tomada mas não divulgada...não sou pelo aborto...mas como diz a querida Afrodite..cada caso é um caso e este é especialíssimo. As notícias que nos entram casa dentro todos os dias são de facto assustadoras...!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall