quinta-feira, outubro 22, 2015

É simples, mas no entanto

É bastante simples: Cavaco Silva fez a meu ver o que é certo. Indigitou Passos Coelho conforme os resultados das eleições o mostram.
No entanto, e como estes cenários alternam entre um jogo de futebol e uma novela mexicana, o protagonismo e a bola estão novamente no PS. Nomeadamente nas mãos de António Costa e dos que são contra António Costa. Se vai haver disciplina de voto, e se ela vai ser cumprida por todos os deputados do PS.

E no entanto José Sócrates não fala, ainda não falou. E parece-me que José Sócrates vai ser um misto do anti-vilão e do jogador que sai do banco e faz uma jogada bestial, um remate incrível.

Simplesmente a bola passou para António Costa, mas no entanto Sócrates terá algo a dizer.

4 comentários

  1. O Sócrates tem sempre alguma coisa a dizer lol... mas concordo. era o correcto a fazer. O povo votou, mal ou bem. Ou então cada vez que um partido ganhasse as eleições sem maioria, era a rebaldaria no país. Há que respeitar a decisão do povo. E se era para haver uma coligação de esquerda, tinha de ter ido a votos. Caso contrário é enganar os portugueses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu concordo com a decisão do Cavaco porque é a correcta. Indigita-se quem ganhou as eleições. Mas, se não houver o menor consenso na AR, passa-se à 2ª opção que é dar posse ao PS apoiado pelo BE e pela CDU. Há uma 2ª hipótese caso a 1ª não funcione.

      Quanto a Sócrates, é bastante simples. É ex-pm, ex-líder e foi Passos Coelho que o mandou ao tapete. E sendo o animal político que é, acredito que vai fazer o PS tremer.

      Eliminar
  2. Ainda muito teremos a ver até que uma solução para este impasse se vislumbre...Quanto a Cavaco ...suponho que não tem atualmente capacidade para gerir uma situação como esta...ter faltado às comemorações da República disse sobre ele o pouco que ainda não estava dito...!
    Beijinhos querida Inês!
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assusta-me um pouco saber que uma situação destas está nas mãos dele.

      Eliminar

© Brainstorming
Maira Gall