Causas

quarta-feira, novembro 09, 2011


Já aqui disse que tenho o hábito de tomar as dores dos outros como se fossem minhas. Tanto é uma qualidade, como um defeito, como também não é defeito mas feitio. E neste momento dói-me a alma por saber que amanhã uma amiga minha vai para tribunal lutar pela tutela de um dos filhos que lhe querem tirar. E querem tirar porquê??Será a minha amiga uma má mãe?Uma mãe que maltrata e negligencia os filhos?Que não lhes dá amor e carinho?Não, nada disso, eu já a vi com os filhos e nada disso se passa. 
"Então se a família é disfuncional, não estarás a fazer um raciocinio errado Inês?As crianças não estarão melhor com outra pessoa?" Não, não irão estar. A luta pela tutela não é pelas duas crianças, mas apenas pela filha. A avó da criança quer a menina para a tratar da mesma forma como tratou a mãe, quer tirar a infância que a mãe ainda tenta dar à criança.
"Mas tens a certeza Inês??A avó quer a criança para a explorar e tratar mal?"
A avó que quer a tutela da menina, em Agosto deste ano expulsou a filha e os netos de casa, com o argumento de que eles estavam a "ocupar" espaço, tendo contudo dito ao tribunal que lhes garantia um tecto até ao final de Outubro deste ano. Contudo a meio de Agosto, mandou-os embora e ainda disse aos netos que arrumassem as coisinhas deles. A menina tem 6 anos, o menino tem 3 anos. São crianças com uma mãe que faz das tripas coração para lhes dar tudo o que precisam, não grandes luxos, mas o básico e o essencial para estarem bem. A mãe das crianças no Verão trabalhou dias a fio para ganhar o suficiente que lhe permitisse levar dinheiro para casa, para alimentar as crianças e ainda ajudar a mãe que a explorou e que vivia com alguém muito mais novo do que a filha. Felizmente, ainda existem pessoas boas neste mundo, e a minha amiga foi acolhida por uma senhora que lhe deu tecto, uma casa, enquanto a minha amiga não se consegue endireitar o suficiente para arranjar um cantinho onde possa estar com as crianças e lhes possa dar a infância a que ainda têm direito.
A minha amiga vai amanhã a tribunal lutar por algo que é um direito adquirido. Por uma filha que não merece que lhe seja retirada por uma avó que quer apenas satisfazer caprichos, que não se compadeceu e não se compadece dos netos. A minha amiga luta por dar uma volta de 180 graus à vida dela, luta por ela e pelos filhos.

You Might Also Like

6 comentários

Popular Posts

Subscribe